Dinheiro extra para a inovação

Dois novos programas oferecem recursos não reembolsáveis para empresas de pequeno porte
Fonte:  Zero Hora

Empreendedores com propostas diferenciadas e inéditas podem ser beneficiados com dois incentivos lançados recentemente e que são capazes de dar o gás necessário para impulsionar a inovação no negócio. O dinheiro para esses projetos vem do Programa Primeira Empresa Inovadora (Prime) e do Inova Pequena Empresa RS.

O Prime é um projeto criado pelo Ministério da Ciência e Tecnologia e pela Financiadora de Estudos e Projetos (Finep) para apoiar empresas nascentes inovadoras no Brasil. As selecionadas receberão R$120 mil (não reembolsáveis) para serem utilizados em recursos humanos qualificados e serviços de consultoria especializada em estudos como de mercado, serviços jurídico, financeiro, certificação e de custos, por exemplo.

Luis Humberto de Mello Villwock, coordenador geral do Prime na Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUCRS), ressalta que aproveitar esses recursos oferecidos agora o programa é importante para a empresa. Ele acrescenta que o Brasil, apesar de ser um país empreendedor, tem baixos índices de inovação:

– Há muitas empresas parecidas no país, e este programa investe no diferencial tecnológico, social, de produtos, processos e definições de estratégias de novos mercados.

No Inova Pequena Empresa RS – fruto de uma parceria entre o Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas no Rio Grande do Sul (Sebrae/RS), a Financiadora de Estudos e Projetos (Finep), e Federação das Indústrias do Estado (Fiergs) – serão mais de R$ 13 milhões para investimentos não reembolsáveis em inovação tecnológica para micro e pequenas empresas gaúchas, em diferentes setores (veja quem poderá usufruir do recursos e onde buscar o edital no quadro abaixo).

– A iniciativa irá ofercer, de forma pioneira, uma oportunidade para ampliação do processo de inovação tecnológica no universo das micro e pequenas empresas gaúchas. Consequentemente, é um apoio ao desenvolvimento econômico do Estado – ressalta Paulo Tigre, presidente do Conselho Deliberativo do Sebrae/RS e do Sistema Fiergs.

maria.amelia@zerohora.com.br
MARIA AMÉLIA VARGAS

Não perca esta chance

PRIMEIRA EMPRESA INOVADORA (PRIME)

O que é?
Programa criado pelo Ministério da Ciência e Tecnologia e pela Finep para apoiar empresas nascentes inovadoras no Brasil. Serão repassados R$ 120 mil (não reembolsáveis) por empresa.

Quem pode participar?
Empresas nascentes, registradas na Junta Comercial, com até 24 meses de existência, contados a partir da data de constituição da pessoa jurídica até a data de encerramento das inscrições.

Como inscrever a empresa?
Pelo endereço http://www.portalinovacao.mct.gov.br/prime. Após, entregar pessoalmente ou enviar pelo correio até 30 de abril de 2009 os seguintes documentos: cópia impressa da proposta simplificada (preenchida no formulário eletrônico), devidamente assinada pelo representante legal da empresa, uma cópia do estatuto/contrato social atualizado, com registro na Junta Comercial. Se for o caso, ato de designação dos atuais dirigentes da empresa (ata da Assembleia que elegeu a diretoria e o Conselho de Administração).
A Incubadora Raiar da PUCRS realiza na quinta-feira, dia 2 de abril, às 19h, no Prédio 2 da universidade, encontro gratuito que dará dicas sobre o processo de inscrição no Prime. Interessados em participar podem entrar em contato pelo telefone (51) 3205-3128.

INOVA PEQUENA EMPRESA RS

O que é?
Oportunidade de apoio financeiro, não reembolsável, para micro e pequenas empresas que desejam colocar em prática projetos de inovação tecnológica em seus estabelecimentos. O valor do apoio é entre R$ 100 mil e no máximo de R$ 500 mil por projeto.

Quem pode participar?
Micro e pequenas empresas nacionais, estabelecidas no Rio Grande do Sul, registradas na Junta Comercial e que apresentaram faturamento bruto anual de no máximo R$ 10,5 milhões no último exercício fiscal.
As propostas devem atender a um dos setores listados pelo edital, já publicado: tecnologia da informação, couro, calçado e componentes, implementos agrícolas, agronegócio, comércio/serviços, móveis, automotivo/metal mecânico, cosméticos, têxtil e confecções, nanotecnologia, biotecnologia, energia, fármacos e fitoterápicos, saúde, programas estratégicos, desenvolvimento social, eletroeletrônico e microeletrônica. De acordo com o edital, poderão ser apresentadas também propostas nas áreas de logística, ambiente e qualidade e produtividade.

Como inscrever a empresa?
Pelo site http://www.inovapers.com.br, até o dia 2 de junho.

Anúncios

2 Respostas

  1. Olá! Meu nome é Joana sou formada em serviço social mais infelizmente ainda não estou atuando na minha área. Meu grande sonho é elaborar um projeto onde os maiores beneficiados seriam adolescentes e jovens que tem família porém essa família não se importam com o futuro deles e les estão jogados na própria sorte.Alguns deles eu tenho contato e sei que eles são meninos bons que com um pequeno incentivo irião longe pois sei que são inteligentes.
    Gostaria muito de mudar o futuro desses adolescentes.

  2. oi meu nome é marta, tenho uma pequena empresa que está inativa por alguns anos, mas recentemente resolvi ativá – la e auterá -la, gostaria de criar uma marca propria, pois trabalho com fuxicos em tecidos e faço peças inacreditaveis, desde cama, mesa, banho, decoraçao e vestuario social e passeio, roupas de banho e vestidos de noivas, mas infelizmente nao tenho dinheiro para trabalhar, tenho mal de obra mas nao tenho como investir e atualmente me vejo atolada em dividas, me ajudem

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: